Por Hugo Studart

Trecho do relatório de 03 Ago 2012, q preparei para o Grupo de Trabalho Araguaia, GTA, que busca os corpos dos desaparecidos políticos. Avaliem vocês mesmos
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Ponto: GROTA DO CRISTAL (ou Pimenteira II)
Provável Desaparecido: Arildo Valadão, “Ari”
Ouvidores: Hugo Studart, Mercês Castro, Jadiel Camelo
Colaborador(es): Iomar Galego, Sinerio Berinjela (falecido em fins de 2011), Josias Gonçalves de Sousa (Jonas), Raimundo Cacaúba (falecido em meados de 2012) e “Manelinho”
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Histórico: Em trabalho de ouvidoria no GTT, entre 2009 e 2010, descobrimos que o guerrilheiro Ari foi morto por uma equipe de tres guias, Iomar, Sinésio e Cacaúba. Decaptaram-no e deixaram o corpo exposto. Posteriormente, conseguimos outra informação no trabalho de ouvidoria junto a dois diferentes ex-guias, Cicero Venâncio e Jacó — a de que os guerrilheiros Tobias e Daniel teriam revelado aos militares, quando presos, que houve uma reunião com 22 guerrilheiros com Osvaldão em cima do corpo decapitado de Ari . Cruzando-se as duas informações, aventava-se a possibilidades de os guerrilheiros terem enterrado condignamente o companheiro. Iniciamos então um longo trabalho de busca dos três ex-guias Iomar, Sinésio e Cacaúba, a fim de tentar convencê-los a nos levar ao local onde mataram Ari.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Iomar aceitou a missão. Foram três dias em campo até que ele chegou a uma área na região de Pimenteira. Apontou o local onde deixou o corpo de Ari. Em outra expedição, levamos Sinésio, em companhia do camponês Josias, que era colaborador da guerrilha e estava com Ari no momento de sua morte. Ambos reconheceram o local e apontaram o mesmo ponto onde o corpo de Ari fora abandonado . Foi Sinésio quem nos informou que o local chama-se Grota do Cristal. Ambos também informaram a exitência na época de uma grande árvore, uma castanheira ou mogno, que dominava a região. Identificaram três locais onde essa árvore poderia estar na época.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Indagado se algum sobrevivente poderia ter estado presente na reunião dos 22, Sinésio lembrou-se que Osvaldão andava com um “moloque de recados” chamado Manoelinho. Jonas lembrou-se que, quando saiu com Ari e Raul do acampamento de Osvaldão, Manoelinho estava lá.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Iniciamos então, por duas expedições consecutivas, Hugo, Diva e Mercês, trabalho de ouvidoria em busca de Manoelinho, iniciando pelo região da Palestina, onde encontramos seu pai. Soubemos nesta expedição que Mercês e Jadiel conseguiram encontrar Manoelinho em 2012. Ele mora na Guiana Francesa, mas veio à região para uma reunião dos garimpeiros em Serra Pelada. Em trabalho de ouvidoria, Mercês e Jadiel confirmaram com Maonelinho que de fato os 22 guerrilheiros encontraram o corpo de Ari e o enterraram ao pé de uma grande castanheira.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Chances de Encontrar – Muito altas. 1) Partimos da suposição de que os guerrilheiros tenham enterrado o companheiro em cova regular, ou seja, profunda: 2) A área sofreu várias queimadas, mas aparentemente jamais passou trator; 3) Não há qualquer indício de que tenha havido Operação Limpeza nos restos mortais de Ari.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sugestões de Providências: Localizar e buscar Manoelinho na Guiana Francesa. Leva-lo à Grota do Cristal juntamente com técnicos, em especial algum botânico com capacidade de reconhecer resquícios de arvores da região (castanheira). Atualizar as informações no Relatório oficial de avaliação de pontos do GTA.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Diva Santana, Merces Castro, Eliana Castro, Lino Brum, Alyson Costa, Walter Castiglia, Myrian Luiz Alves, João Carlos Wisnesky, Pedro Albuquerque, Romualdo Pessoa.