Amigo perguntou no privado se a nomeação de novos generais para o palácio seria sinal de que Bolsonaro prepara um golpe. Eis minha opinião?

Bolsonaro passa a impressão de que até gostaria de ter maiores poderes para acelerar mudanças. Todos sonham com mais poderes, inclusive Lula sonhou. Mas para chegar lá:
1-precisa de apoio das ruas. Isso ele tem.
2- precisa de apoio dos quartéis para qualquer aventura inconstitucional. Ahhh, garanto que isso ele NÃO tem. As Forças Armadas só o apoiarão dentro das regras do jogo, e dentro do contexto de melhorar seu governo para não macular o prestígio dos militares. Hoje os milicos são hegemonicamente de extrema-centro e têm horror de soluções fora das leis.

Ademais, fato é que ele desde sempre tem agido dentro das regras da democracia.

Bolsonaro também emite sinais de que gostaria de instituir uma tal de Nova Política contra o que ele chama de velha política. Mas ele precisa apresentar uma proposta de modelo do que seria a tal Nova Política. Enquanto não apresenta, o Congresso corre livre, leve e solto com o tal parlamentarismo branco.

É isso. É o resto é febeapa – Festival de Besteira que Assola o País.
Hugo Studart