Por Hugo Studart

 

Desaparecido na Guerrilha do Araguaia. (Publico trecho de relatório entregue em Ago 2010 ao grupo de trabalho GTA q buscar os corpos dos guerrilheiros, por determinação de sentença judicial).

4 – Ponto: FORMIGA
Provável Desaparecido: Antônio Guilherme Ribas, José Ferreira
Ouvidores: Hugo Studart, Mercês Castro, Jadiel Camelo
Colaboradores: Juarez Custódio da Silva e Maria Idalice Dorada da Silva

Histórico: O casal Juarez e D. Licinha informa que o corpo de um guerrilheiro foi enterrado próximo à antiga residência do pai de Licinha, com a ajuda do pai de Juarez e testemunho do próprio Juarez. Informam ainda que foi enterrado com cinco palmos de buraco. O casal apontou duas áreas possíveis, sendo uma delas mais provável. Passou-se o GPR que detectou uma terceira área próxima. Escavou-se somente na área do GPR, mas não nas áreas apontadas pelo casal, onde seria pedra.

Chances de Encontrar: Razoáveis
1) Juarez lembra-se que o pai escavou cinco palmos de terra, ou seja, cerca de 1 metro. O militar que supervisionava mandou parar e enterrar; ele pediu para cavar mais dois palmos, como as covas cristãs. Mas foi enterrado mesmo a cinco palmos.
2) Não há indícios históricos dos militares terem retornado à área na Operação Limpeza;
3) A área é seca e pedregosa.
Conclusão: é bem provável que os restos mortais estejam relativamente preservados em uma área retangular de no máximo 8 metros de extensão por dois metros de largura.

Sugestões de Providências: Reabrir o ponto, reavaliar tecnicamente e buscar escavar exatamente no local apontados pelo casal Juarez e D. Licinha. Atualizar as informações no Relatório oficial de avaliação de pontos do GTA.

att:

Diva Santana, Merces Castro, Eliana Castro, Myrian Luiz Alves, Lino Brum, Sonia Maria Haas, Pedro Albuquerque, João Carlos Wisnesky, Romualdo Pessoa, Deusa Maria Sousa.